2º Prêmio IEAVi | LIDIANE FERNANDES


Diego Deodato                                                Graziela Salvatori                                                        Grupo Ìo

O Instituto Estadual de Artes Visuais (IEAVi) em Porto Alegre exibiu recentemente três exposições selecionadas no 2º Prêmio IEAVi – Incentivo à produção de Artes Visuais no Rio Grande do Sul, em 14 de dezembro.  As mostras selecionadas são dos artistas, grupo Ìo, Graziela Salvatori, Diego Deodato e foram realizadas na Casa de Cultura Mário Quintana (Rua dos Andradas, 736 – Centro de Porto Alegre – RS).

No Espaço Maurício Rosenblat (3° piso) estava a exposição “Os caminhos por onde andei me levaram até você” de Graziela Salvatori. Utilizando a técnica da xilogravura, a artista reconstruiu no display do espaço, o piso da Galeria Chaves, revelando um olhar mais atento aos detalhes do cotidiano. A artista já utilizou esta técnica antes, em uma mostra do coletivo In[Vasão], o qual faz parte. No mesmo andar, na Galeria Augusto Meyer, se encontrava “Embarque Transbordo: Desenhos, ruídos e polifonias urbanas” de Diego Deodato. Através de desenhos e técnicas mistas, o artista enfocou acontecimentos, cenas e objetos de seu cotidiano e situações vividas no centro metropolitano.

No 6° andar da Casa de Cultura, podíamos ver a exposição “Do lado de fora de um quarto fechado” do grupo Ìo, conhecido por seus curiosos trabalhos. A fotogaleria Virgílio Calegari tornou-se um cubo negro (temporariamente), para receber esta intrigante exposição que possui uma instalação com chocolate derretido e veneno de rato. O grupo já participou do 1º Prêmio IEAVi, com a mostra Halo. Além da instalação, do lado de fora da galeria haviam também registros fotográficos de uma performance, dando continuidade à esta interessante mostra.